Coluna

Centro de Pesquisas em Ciência de Dados

Centro de Pesquisas em Ciência de Dados

Projeto dos membros do Instituto Mario Schenberg para compartilhamento de dados e conhecimento sobre o tema!

Relatórios de redes

RELATÓRIOS PUBLICADOS

O Centro de Pesquisa em Ciências de Dados do Instituto Mario Schenberg

 

O Instituto Mario Schenberg (IMS) tem por objetivo juntar ciência, pesquisa e cidadania. Busca, dessa forma, fortalecer a capacidade do país de produzir e aplicar políticas públicas adequadas para os distintos desafios que se impõe à realidade do povo brasileiro.

Só é possível intervir em realidades que sejam conhecidas. É com essa intenção que formamos o Centro de Pesquisa em Ciências de Dados do Instituto Mario Schenberg (CPCD-IMS). O CPCD-IMS tem como objetivo desenvolver soluções para levantamento, tratamento, e análise de dados da realidade brasileira.

 

Contexto

Atualmente, há largo volume de dados disponível sobre os mais distintos temas. Órgãos oficiais (nacionais, internacionais, ou transnacionais), outros institutos de pesquisa, e jornais, possuem seus próprios acervos de dados disponíveis ao público.

Ainda, a própria comunicação dos usuários da internet, com destaque às redes sociais, gera dados. Dados tais que podem ser estudados e analisados para melhor compreensão da realidade. Com o poder de processamento atualmente disponível, é possível tratar grande volume de dados em curto espaço de tempo.


Hoje, a disponibilidade dos dados e do poder de processamento de máquinas montadas especialmente para esse fim faz com que o gargalo para compreensão da realidade não esteja mais na ausência de informação. O gargalo está em saber tratar e escolher quais dados farão parte da análise, e como os interpretar de forma eficiente.

Por isso, o CPCD-IMS tem como característica entender que, no termo “ciência de dados”, a palavra-chave é “ciência”. Nosso esforço está em utilizar o método científico em cada etapa da análise de dados.

A coleta dos dados, o seu pré-tratamento, processamento, e a forma de apresentação dos dados, de acordo com essa forma de ver, se guiam por uma metodologia previamente elaborada. Em outras palavras, a análise de dados só possui sentido quando realizada de acordo com uma pergunta bem colocada.

Afinal, se a ciência é, antes de tudo, saber fazer perguntas, a ciência de dados só pode ser saber realizar perguntas relevantes aos dados.

 

Relatório das redes

Esse estudo tem como objetivo desenvolver soluções para levantamento, tratamento, e análise de dados da realidade brasileira. O esforço para recuperar os índices da cobertura vacinal em nosso país tem sido um marca da atividade do Instituto Mario Schenberg desde a sua fundação em 2021.

Conhecer em profundidade esse debate público, identificar os temas e argumentos do debate, bem como saber quem são os principais influenciadores e debatedores do debate vacinal é fundamental para que as autoridades da área da saúde e a comunidade científica possam difundir a informação correta e desmascarar as fakenews e a desinformação.

 


Representação discente da Congregação do instituto de Geociências da UNICAMP homenageia docentes que lutaram contra a ditadura militar

Leda Gitahy, membro do Instituto Mario Schenberg, foi uma das docentes homenageadas durante a 264ª reunião da Congregação do IG, marcando o 60º aniversário do golpe militar de 1964. A homenagem reconheceu o compromisso dos professores na luta contra a ditadura militar e na fundação e consolidação do Instituto. Durante o evento, Gitahy destacou a origem subversiva do Instituto e a importância de manter um ambiente diverso e democrático, refletindo sobre a influência do exilado político Amilcar Oscar Herrera na criação do Instituto e a participação de docentes como Sandra Brizolla na resistência ao regime militar. A celebração enfatizou a continuidade do legado de resistência e a defesa dos direitos humanos.

Instituto Mario Schenberg marca presença na Campus Party Brasília 2024 com foco em inovação e tecnologia

O Instituto Mario Schenberg participará da Campus Party Brasília 2024, destacando-se na programação com a presença da fundadora Flávia Ferrari. Este evento, que acontece de 27 a 31 de março no Estádio Mané Garrincha, celebra o 50º aniversário do Planetário de Brasília e inclui uma vasta gama de atividades, como a Olimpíada Nacional de Ciências e Tecnologia Nuclear, simuladores de pilotagem, workshops de robótica, e palestras sobre astronomia e exploração espacial. A participação do Instituto visa promover a importância da ciência e tecnologia na educação e sociedade, oferecendo uma plataforma para discussão sobre inovação tecnológica e o futuro da educação científica.

Presidente de Frente Parlamentar em Defesa da Vacina, protocola investigação por crime contra a saúde pública

O Instituto Mario Schenberg divulgou um documento da Frente Parlamentar em Defesa da Vacina que solicita à Justiça a investigação do governador de Minas Gerais, Romeu Zema, e dos políticos Nikolas Ferreira e Cleitinho Azevedo por possíveis crimes contra a saúde pública e as crianças. A razão para tal pedido é a divulgação de um vídeo em que os mencionados defendem a presença de alunos não vacinados nas escolas, atitude considerada contrária às diretrizes de saúde que promovem a vacinação. Além disso, critica-se a estratégia de políticos de direita de focar debates em vacinas para ganhos eleitorais municipais, desviando a atenção de problemas mais amplos das cidades. O Instituto reforça a importância da vacinação como medida coletiva de proteção à saúde e como um dos fundamentos de seu compromisso e do movimento Todos Pelas Vacinas, destacando esforços contínuos em monitorar debates e promover campanhas de conscientização sobre a vacinação.

Pular para o conteúdo